Crocodilo do Nilo (Crocodylus niloticus)

 

 

 

 

 

 

 

O rei das águas: o Crocodilo do Nilo. Embora seja ágil em curtas distâncias na terra, existem poucos outros predadores mais formidáveis do que o Crocodilo do Nilo. 

 

 

 

Tamanho

- O Comprimento é geralmente de 5 m, podendo por vezes exceder este valor. O Peso pode chegar até 1 tonelada.

Distribuição

 

- África: África tropical e subtropical e Sul de África e, nalgumas ilhas, incluindo a de Madagáscar.
 

Habitat

 

- Lagos, rios, pântanos e lagoas.

 

Alimentação

- Vertebrados de todos os tamanhos (incluindo grandes mamíferos herbívoros ungulados, como gnus, zebras e antílopes).

Reprodução

 

- Atingem a maturidade sexual entre os 8 e os 12 anos. O Crocodilo macho faz elaboradas exibições de acasalamento, tal como os pássaros fazem,  e só depois é que se aproxima das fêmeas receptivas. Durante a copulação, que dura somente 1 ou 2 minutos, o par afunda-se geralmente no lago ou no rio. A fêmea põe entre 20 a 50 ovos, de casca rígida, em depressões ou em ninhos constituídos por montículos de vegetação, sendo os ovos vigiados até à eclosão. A incubação é de 3 meses.

 

Status

 

 

- Não Globalmente ameaçado de Extinção.

 

População estimada entre 250.000 a 500.000 espécimes. Populações saudáveis na maior parte de sua área de ocorrência.

 

 

 

 

 

 

Classificação

 

Reino - Animalia

Filo - Chordata

SubFilo - Vertebrata

Classe - Reptilia

Ordem - Crocodilia

Familia - Crocodylidae

Género - Crocodylus

Espécies - Niloticus

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Descrição geral

O Crocodilo do Nilo é aparentado com os Aligátores e Caimões, mas distinguindo-se destes por apresentar um maior afunilamento do focinho e pelo quarto dente da mandíbula superior, que fica visível quando o animal fecha a boca, e por uma bolsa extensível entre os ramos da mandíbula, que lhe permite deter os peixes escorregadios antes de os engolir. Possui placas córneas na cabeça, pescoço e no tronco. Tem uma cauda comprida e musculada que o impulsiona quando nada.  A sua pele, ao contrário dos outros répteis, cresce com eles e não é mudada. Varia de um verde castanho ou acastanhada a um tom escuro no lado dorsal e é muito mais clara, e mais macia, no ventre.

 

Tempo de Vida: até aos 45 anos no estado selvagem; até aos 100 anos em cativeiro.
 

INIMIGOS: Humanos

 

Relação com os Humanos: Os caçadores perseguem os Crocodilos pela sua pele, muito apreciada para sapatos e malas.

 

Geralmente não são encontrados em grupos, excepto na época de acasalamento.

 

Os Crocodilos nadam com a ajuda da sua poderosa cauda, movendo-se na água a uma velocidade superior à duma piroga. Em terra, e apesar de terem patas curtas, podem também mover-se surpreendentemente depressa. Imóveis, parecem troncos flutuantes, o que engana muitas das vítimas destes répteis até ser demasiado tarde.

 

Quando ao sol, os Crocodilos aumentam a sua temperatura interna, abrindo a boca, o que também permite que determinadas aves aí procurem alimento. Mantém a boca aberta nas horas de maior calor.

 

Podem manter-se submersos durante longos períodos, tendo, no entanto, que emergir periodicamente para respirar. As narinas podem ser fechadas aquando da submersão.

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Voltar